O diagnóstico, mesmo que tardio, aliado à terapia, é fundamental para o autoconhecimento e desenvolvimento da independência.

Leia o restante da reportagem no site do Dr. DRAUZIO VARELLA acessando o link abaixo:

https://drauziovarella.uol.com.br/psiquiatria/autismo-em-adultos-como-lidar-com-o-diagnostico-tardio/